Busca
  Hering – Tradição e Modernidade com loja renovado no Iguatemi em Porto Alegre

Ana Carolina Acom *

A marca Hering tem mais de 130 anos e segue se inovando a cada dia. Se para quem curte os looks T-Shirt, ao estilo James Dean ou Marlon Brando em “O Selvagem (1983)”, a marca sempre fora obrigatória com suas clássicas camisetas brancas, hoje ela é também sinônimo de moda e muita qualidade. Há alguns anos a Hering transcende o básico, e com design moderníssimo traz belos vestidos, jeans e estampas interessantíssimas. Mas o básico, carro chefe da marca, continua forte no guarda roupa de todos os estilos, tornando a Hering essencial na vida de quem usa só camiseta lisa, e até dos fashionistas de plantão. E como disse Julia Petit: “Os básicos são como um papel em branco...”, a partir deles escolhemos acessórios e exibimos com excelência nossa identidade.

A Cia. Hering conta hoje com mais de 500 lojas em todo o Brasil, só em Porto Alegre temos 10 lojas “Hering Store”. No Iguatemi, a loja estava a 30 dias fechada em reforma e no dia 2 de abril, com espaço ampliado e projeto arquitetônico Flagship, desenvolvido pelo escritório Kawahara Takano, o espaço será o primeiro do Estado com o conceito Premium.

O projeto Flagship traz layout inovador para a loja, que fica ainda mais moderna e aconchegante. O traço arquitetônico e o conceito refletem a contemporaneidade da Hering, e proporcionam uma experiência ao público que se identificará ainda mais com o estilo da marca ao entrar na loja.

Além do novo formato, que já pode ser conferido no Iguatemi, a reinauguração teve pocket show de Renato Borghetti, na quarta-feira, dia 04, às 20h. O que não poderia trazer mais alegria para o pessoal do Sul que curte tradição, básico e modernidade, pois assim como a Hering, Borghettinho preserva o clássico, mas volta e meia tem projetos com músicos da atualidade e dos mais diferentes estilos.

Para quem for conferir a nova loja, aproveite para ver a coleção Outono 2012. Na linha feminina, a Hering aposta em motivos rústicos, com temáticas étnicas e country, e está repleta de casacos de tricô, jaquetas, cardigans, vestidos e saias longas.

No masculino há dois temas de destaque: o humanitário e o rock 70’s. Sempre explorando lavagens diferenciadas, tonalidades queimadas e estampas xadrezes. Jaquetas em sarja, moletom, t-shirts, camiseta com capuz e tricô compõem a coleção.

Além de tudo a Hering traz a coleção de Jeans com muita informação de moda e acessórios que complementam qualquer visual, como os lenços, detalhes trançados, cachecóis e até chapéus em feltro.

CURIOSIDADE
Outra informação interessante que descobri e não poderia deixar de compartilhar, é que em 2010 a Hering inaugurou em Blumenau um Museu contando toda a sua história desde a fundação em 1880 pelos irmãos Hering. Confirma detalhes e assista ao vídeo no link.

*Ana Carolina Acom é graduada em filosofia pela UFRGS e especialista em Moda, Criatividade e Inovação pelo SENAC-RS. Atua como pesquisadora e consultora de moda e semiótica das vestimentas, através de cursos, produções e desenvolvimento de figurino. Possui artigos publicados em todo país e integra o projeto “As Carolinas”, com atuações em diferentes setores da moda.








Pin It

Copyright © 2006 - 2013 - modamanifesto
Site melhor visualizado no Mozilla Firefox e no Google Chrome.